sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Definição de Droga

As drogas têm feito parte da história da humanidade. Durante milhares de anos certas plantas têm sido utilizadas para benefício do corpo, da mente e do espírito. O ópio, por exemplo, é usado há muito tempo para o alívio da dor, a cerveja teve sua origem, através da fermentação de certos vegetais, há aproximadamente 6.000 anos.

No decorrer da história as palavras empregadas para descrever droga têm sofrido importantes variações. Na Grécia Antiga a droga, denominada pharmakon, tinha duplo significado: remédio e veneno. Este conceito, ambivalente, mostrava o quanto os gregos tentavam traduzir o poderoso efeito dessas substâncias sobre o corpo e a mente dos indivíduos. Já na Pérsia a palavra droga se origina da palavra demônio. A etimologia mais aceita no meio acadêmico nos explica o seguinte: Drogadicção = Adicção à drogas. A etimologia do vocábulo "adicção" remete ao latim. "Adicto" origina-se no particípio passado do verbo "addico", que significa "adjudicar" ou "designar". Este particípio é "addictum" e quer dizer o "adjudicado" ou "designado" - o "oferecido" ou "oferendado". Nos tempos da República Romana, "addictum" designava o homem que, para pagar uma dívida, se convertia em escravo por não dispor de outros recursos para cumprir o compromisso contraído. O substantivo "adicção" designa, em nossa língua, a inclinação ou o apego de alguém por alguma coisa.

Atualmente, a definição sobre drogas promovida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), é qualquer substância não produzida pelo organismo que tem a propriedade de atuar sobre um ou mais de seus sistemas, produzindo alterações em seu funcionamento.

Dentre os tipos de drogas existentes, as psicoativas, ou psicotrópicas, são substâncias que alteram as sensações, o humor, a consciência ou outras funções psicológicas e comportamentais. É bom salientar que nem todas as substâncias psicoativas provocam dependência e que, algumas substâncias, aparentemente inofensivas e presentes em muitos produtos de uso doméstico podem ter essa capacidade.


Referências:

ANTIDROGAS. Disponível em http://www.antidrogas.com.br . Acesso em: 04 jul. 2008, 22:45.

FORMAÇÃO De Multiplicadores de Informações sobre Drogas. Guia Geral. Florianópolis:Senad, 2004.


19 comentários:

  1. o assunto ja tem que vim dando a resposta certa pra a pessoa saber .n pode vim todo baralhdo se nao a paessoa fica confusa na prossima faça o texto bem feito eu n t ou dizendo que ta ruim e porque a pessoa fica toda vonfusa e isso ten qaue ter o nome principal negrito pra depois vim areposta entendeu e isso e pra o bem de todo mundo eu n estou criticando eu sou estou falando o que e cverto xau . obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caralho, olha o seu texto antes de falar que alguma coisa está embaralhada. Analfabeto.

      Excluir
    2. Um "analfa" dando dicas de português...primeiro você precisa aprednder a escrever. Sugiro a volta ao ensino fundamental. E, por favor, não fuja mais da escola!
      Abs.

      Excluir
    3. Foi mal...APRENDER.

      Excluir
  2. quem ta confuso sou eu lendo esse seu comentario,
    voce concerteza deve estra sobre o efeito de drogas,
    agora nos resta saber qual seria.

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkkkkk ngm quem saber do passado nao,esse texto so voce entende,queremos definicao de drogas nao os seus antepassados,seja mais clara e objetiva.

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    (...) Eu nãao entendi muito bem não .. essa parada aí de ''Grécia antiga'' , ''etimoligia'' e mais os caralho a 4 .. fizeram a minha cabeça. Por exigência do povo que leram isto que vocês chamam de ''DEFINIÇÃO DA DROGA'' .. vcs tinham que colocar REALMENTE A DEFINIÇÃO DA DROGA e não um monte de baboseira. Coloquem a pergunta : ''O que é droga?'' E depois vcs colocam a definição dela ... isso aí que vcs colocaram como ''definição da droga'' tá mais pra ''conversa pra boi dormir'' kkkkk
    Bom.. éeh isso que eu acho né !?

    Obrigada ! Ass: Rosane Oliveira

    e-mail: rosy_gatanapista@yahoo.com (orkut)
    e-mail: rosy_gatanapista@hotmail.com (msn)

    ResponderExcluir
  5. Essa merda de drogas nao e para qualquer um. tou ai vendo cada merda escrita.a idea e so definir assim.
    A droga e uma merda que fode com o juizo e com os cornos.
    Nao acham que e uma resposta clara?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ensino fundamental p/ vc também.

      Excluir
  6. acho que teria q por a DEFINIÇÃO DE DROGAS ñ como existiu ou oque é ?(se liga )

    ResponderExcluir
  7. Tbm achei muito confuso.. Não quero saber da história e sim da definiçao!

    ResponderExcluir
  8. o porra quero saber a definiçao o que significa palavra drogas e nao a historia dela filho da puta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imbecil...sugiro, também, que vc volte ao ensino fundamental, para que aprenda a ser mais educado.

      Excluir
  9. O autor do texto tem a intenção de ampliar o nosso conhecimento sobre a definição de drogas! Acredito que as informações sobre a etiologia da palavra é um tipo de ampliação ótima sobre o tema em questão. As pessoas estão se acostumando a não ler o que leva a dificuldade de interpretação e isso sim é um problema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. O povo tem preguiça de ler, e fica aqui com mimimi.

      Excluir
  10. Pela definição, bebidas alcóolicas são um tipo de droga. Pq, então, são legais? Será pq pagam um dinheiro aos nossos "governantes" para que os deixem comercializar suas "drogas" livremente? Mistérios... ;-)

    ResponderExcluir
  11. Definição: qualquer substância não produzida pelo organismo que tem a propriedade de atuar sobre um ou mais de seus sistemas, produzindo alterações em seu funcionamento. O TEXTO ESTÁ EM NEGRITO, DEIXEM DE PREGUIÇA E LEIAM O TEXTO INTEIRO!

    ResponderExcluir
  12. cada um pior que o outro, ninguem entende ninguem, sei que antigamente existia um tal de MOBRAL, quero sugerir para a senhorita que escreveu esse texto tão mal que nem ela consegue entender, que se inscreva, volte para a escola...

    ResponderExcluir
  13. O texto está ótimo. Parabéns.

    ResponderExcluir